Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘cinema’

(Título em homenagem ao Google, por suas excelentes traduções)

Eu e o meu irmão fomos ao Norte Shopping ontem, na intenção de ver finalmente Avatar em 3d, já que gastaram fortunas pra fazer aquele filme de quase 3 HORAS de duração, devia valer a pena assistir a tonelada de efeitos especiais. PORÉM, não é só nós dois que pensamos assim. Anteontem a sessão já estava lotada e ontem, a mesma merda. Mas ainda tinha ingresso para ver em 2d, só que não valia a pena, pois era a estréia de Sherlock Holmes (aquele com o homem de ferro como o Holmes e o gostosão do Closer como Watson).

Sherlock Holmes em seu filme pornô.

Me amarrei no filme, só não sei se segue as histórias dos livros e tal porque eu nunca os li (tenho preguiça), mas é engraçadinho e muito bem feito. Ganhou 5 estrelas na minha avaliação no Filmow.

Depois disso, fui andar no shopping com meu maninho e ver o meu saldo na minha conta bancaria. Véi, fiquei até assustada, brotou dinheiro do nada lá (adoro o meu pai :’D)! Agora finalmente vou poder comprar um notebook.

Hoje fui pesquisar preços, né. Tipo que eu tenho o sonho de consumo de ter um tablet, então comecei a pesquisar laptops com tela touchscreen (estilo a da garota do filme Read It and Weep) que são caros pra cacete.

Nisso, nosso querido amigo Google me mostrou um link para um DIY de tela touchscreen. Resolvi então testar e o pior é que deu certo!

Então o post será dedicado a DIY’s que eu conheço. (“Do It Yourself”, para quem não entendeu a sigla e “Tutorial” para quem ainda não sabe do que se trata.)

O primeiro será um de nivel FÁCIL, pois não precisa de nenhum grande raciocínio, nem força física. Muito menos milhões em dinheiro, rs.

Como é obvio que não temos Mountain Dew em qualquer bar de esquina, serve então um refrigerante de soda (Sprite, etc). Já os outros itens são Bicabornato de Sódio (Alguns dizem que é Soda Caustica, mas acho dificil, rs) e Agua Oxigenada vol. 40.

Nunca fiz o experimento e nunca soube se ele realmente funciona. Só sei que soda cáustica é altamente corrosivo e eu nunca brincaria com ela para fazer uma garrafa fluorescente, rs.

Agora o de nível MÉDIO. O maior investimento desse é fazer a fonte de calor. Você precisa ajeitar bem os fios, senão leva choque na certa. Ou então comprar um pronto.

O que você vai precisar está na descrição do video, no Youtube. Está tudo muito bem explicado. Já testei e funciona, obviamente. Se trata de mudança de densidade devido ao calor.  O óleo passa a ficar menos denso que o alcool+agua, indo até a superfície e lá, resfriando e descendo novamente.

O de nivel DIFÍCIL só é complicado porque exige MUITA paciencia na hora de configurar, mas fora isso é tranquilo.

Você precisará de uma caixa de papelão, tesoura, papel, uma web cam e fita adesiva. (Sim, parece até Art Attack -n -t). Depois, é só baixar o software e pronto. Ele usa a luz do ambiente contrastando com a sombra do dedo, mapeando a imagem que vem da web cam  e transformando em coordenadas para o mouse. Não garanto que funcione direito, pois o “clicar” dele é muito tosco, rs.

Boa sorte ai para quem for tentar algum e depois conte sua experiência. Quando eu descobrir mais, eu posto.

Read Full Post »

Bu.

Se assustou né, coleguinha? Não? Nem eu.

Pra falar a verdade, assim que vi esse trailer eu pensei: ”Wow man, preciso ver esse filme. Quero me cagar no cinema, yay.” Fui lá pro Shopping Tijuca, encontrei toda a patotinha do CAp lá. Um comentário aleatório:  se você quer se livrar da praga capiana NUNCA vá ao Shopping Tijuca. Aquilo é um antro e é lá que nos proliferamos.

Mas enfim… Lá fui eu, depois de um puta rodízio na Parmê, assistir ao filme. Claro que tiver que perder 20 minutos preciosos na fila dos ingressos, na fila da pipoca e na fila para convencer a minha amiga de que ela não seria estuprada por fantasmas sedentos por sangue de menstruação. Depois de eu ter colocado em prática minha arte de apelar (“Ou vê essa porra ou mando a Samara te levar pro poço dela!”) fomos entrando na sala 6, todos serelepes.

Fila “H”. “H” gente, depois da “G”, porra. Ai seus analfabéticos, sobe mais uma. Ae, agora cadeira 12 pra mim. Desculpa, to passando, DÁ LICENÇA, COLÉGA?

Senta. Uaah, cadeirinha fofa…

Vitória, a cagona diz: MARIA, TO COM MEDO! D:

Maria, a gentil diz: Ainda nem começou. Vai se foder, Vitoria.

Apagou a luz. “Ae, é agora! Bora galere, invadir o territorio dos mano ghost.

(Maluco do filme narrando) “Minha mulher se sente perseguida. Ela é o Tarso do reino dos fantasmas. Nao tenho dinheiro pra chamar o Dr. Castanho, acho que vou dar um de BBBabaca aqui. Fiz curso básico de winchester, to podendo. Blá blá bla, whiskas sachê.”

Lençol da cama levanta, gritinho homossexual, mulher é arrastada feito boneca de pano.

Vai Emilia dos infernos.

Hora do talquinho. Coloca na porta, pro fantasminha deixar suas ~pegadas~ e não se perder. Volte sempre, querido Gasparzinho. Alguns efeitos sonoros do WMM, a mulher diz que ta tudo bem, tudo tranquilo, vou pra buraco negro, lá tem pó de sobra. Levanta 3h da matina, sai do quarto. O camarada marido dela, apaixonado pela cria do satã, vai atrás. Tuc tuc tuc, passos, tuc tuc tuc… BLOFT. A fofa da demônia taca o maluco na camera.

Pára de apertar meu braço, Vitoria, porra. Já acabou essa merda. Olha a mulher ai, vai te dar um sustinho. Fez ~graaw~ na câmera. Ae, fim.

Epic fail.

Que filme de merda. E não é por ser de baixo orçamento, não tenho esse tipo de preconceito. Meus amigos do Turano são tudo abaixo da linha da miséria e eu tô sempre com eles. Mas é que, simplesmente, não atingiu 0,01 da minha expectativa, e da expectativa do próprio trailer, que ja não é grande coisa. Achei aquela mulher do meio do trailer, com aquela lapa de boca aberta, mais assustadora que todo o resto.

Apesar de tudo, acho que valeu a pena ter ido assistir. Percebi que a maioria das pessoas ri do próprio medo. Ou talvez elas estivessem rindo da mulher sendo perseguida pelos aprendizes de capeta.

Ou melhor: talvez estivessem simplesmente achando graça da Vitoria ter se cagado diante de um filme tão ruim. No final das contas, foi um dia super feliz e nada medonho.

Pena que não tinha pizza de nabo, mas essa eu supero.

@ma_groaw

Read Full Post »